IntellTech se destaca em estudo que analisou 100 empresas globais que oferecem soluções para monitoramento de barragens.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀No dia 10 de outubro de 2020, foi realizado o Global ROAR 1010 2020, uma mostra global interativa que reúne os principais inovadores, pesquisadores, empresários e operadores do Setor de Recursos do mundo para avançar a capacidade e compreensão da indústria em operações remotas, automação e robótica para atender a Indústria 6.0.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀O evento é organizado pela Amira — uma organização Independente Global sem fins lucrativos que representa os membros da Indústria de Recursos que buscam aprimorar, sustentar e entregar pesquisa e desenvolvimento transformacional, inovação e implementação para o benefício da sociedade.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Uma das apresentações foi conduzida por Luciano Oliveira, Diretor de Inovação do Grupo Stratalis. A Stratalis é uma Consultoria Global de Estratégia e Inovação especializada em ajudar líderes executivos sêniores de organizações a focarem no futuro, superando os desafios estratégicos e operacionais e se destacar frente os seus pares, especialmente em mercados incertos.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀A apresentação, intitulada “O Futuro do Monitoramento de Barragens de Rejeitos – Uma Abordagem de Sistemas Integrados”, trouxe à tona a relação entre os recentes acidentes em estruturas de barragens de rejeitos, suas complexidades associadas e a demanda por robustas soluções de monitoramento crítico para as estruturas.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀O estudo se sucedeu com uma análise técnica e criteriosa sobre diversas empresas e/ou soluções disponíveis no mercado que visam a apoiar nos desafios e demandas dos empreendimentos, especificamente no contexto do monitoramento geotécnico das barragens de rejeito, e a IntellTech foi uma destas 100 empresas visitadas. Em face da realidade do mercado, o estudo conclui que é cada vez mais necessário que as empresas do Setor Mineral disponham de uma arquitetura para a integração e consolidação do monitoramento, processamento dos dados e as análises para a extração das informações pertinentes às estruturas e aos empreendimentos geotécnicos.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Neste contexto, destacam-se as Plataformas SHMS e Geo Inspector da IntellTech, sobre as quais foram concebidas implementando e antecipando os conceitos apresentados pelo estudo conclusivo da Stratalis. Convém ressaltar que as Plataformas da IntellTech integram e processam grandes massas de dados na sua plenitude, independentemente de suas tecnologias e fontes de dados, implementando mecanismos de  processamento big data que permite uma análise sistêmica e consolidada sobre todos os ativos monitorados – especialmente as barragens de rejeito; além permitir a construção dinâmica de Dashboards a partir das análises e métodos correlacionam os dados extraídos, tanto na ótica estatística, quanto na visão geotécnica, geológica e demais disciplinas de interesse.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀As Plataformas da IntellTech também dispõem métodos numéricos e modelos preditivos que permitem análises passado, presente e futuro, gerando previsões acerca do comportamento estrutural esperado das estruturas geotécnicas, bem como de suas condições de contorno, o que permite definir o melhor momento para realizar manutenções preventivas, e eventualmente, tomar a decisão mais assertiva possível, diante de possíveis eventos de relevância para gestores e geotécnicos.

“É gratificante para a IntellTech
se destacar como uma das soluções
mais completas do mercado.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Isto reforça ainda mais o compromisso em estar na vanguarda da tecnologia com projetos de inovação disruptiva, avançando cada vez mais rumo à consolidação da Mina Digital, bem como a constante busca do aprimoramento e otimização das ferramentas de apoio às decisões relativas à segurança e à estabilidade estrutural dos empreendimentos de seus clientes e parceiros.

Fonte: https://amira.global/global-roar-1010-2020/